Designers e arquitetos tem explorado muito a estética minimalista, seja em pequenos objetos ou grandes projetos arquitetônicos. O design enxuto garante soluções compactas e eficientes para permitir máxima flexibilidade e uso dos espaços.

O estudio de arquitetura japones Kotaro Horiuchi, adotou essa estética na reforma da loja Salon du Fromage, que vende queijos, em contraponto com o ambiente rústico e tradicional que é comum nesse tipo de comércio.

O espaço todo em branco, ganhou um brilho suave e com muito estilo através de luminárias em formato de queijo, que segundo os arquitetos, visa incentivar a interação com os clientes. Originalmente construída no século 18, a estrutura estreita da loja tem uma parede curva suave que divide o espaço em pequenas salas. Uma cozinha modular oferece aos clientes um espaço para participar de degustações de vinhos, aulas e seminários sobre queijo.

Outro exemplo bacana é esta casa projetada pelo arquiteto Manuel Aires Mateus em Portugal.

Com pouco espaço para fazer uma casa maior, ele utilizou o espaço do subsolo de forma criativa. A casa é mais alta e possui uma grande abertura no teto, o que faz com que toda ela seja iluminada com luz natural.

Para saber mais sobre essa estética, confira a nossa micro tendência Super Minimalism.

Anúncios