Luminária The Lady Jane

O designer neozeladês Kevin Webby criou a luminária “The Lady Jane” a partir de lâminas de compensando dispostas ao redor de um eixo central, num resultado que propõe a utilização de papelão. Só propõe, porque é de compensado. Em outras versões, ele optou pelo Plexiglas, um material termoplástico rígido e transparente, e fez a mesma luminária nas cores verde-limão, laranja e branco.

Webby ganhou fama internacional ao participar da New York’s International Contemporary Furniture Fair (ICFF) em 2006. Ele ainda mantém o estúdio na Nova Zelândia, mas almeja cada vez mais os públicos internacionais.

Com “The Lady Jane”, ele dispõe as lâminas ao redor de um eixo central fazendo com que o observador a perceba como algo unitário. Assim, a silhueta do objeto ganha forma  a partir do conceito de espaço negativo – ou seja, aquele em branco, sem preenchimento.

Luminária The Lady JaneLuminária The Lady JaneLuminária The Lady JaneLuminária The Lady Jane

Anúncios